Curso

Gestão em Sustentabilidade na Construção Civil – Presencial

Objetivo:

Capacitar engenheiros, arquitetos, técnicos e estudantes para tomada de decisão na aplicação dos principais conceitos de sustentabilidade considerando o ciclo de vida dos empreendimentos: concepção, execução da obra, pós ocupação.



 

Disponível curso Híbrido – presencial, com disponibilidade de 30% de aula online.

 

O primeiro curso voltado a sustentabilidade no setor da Construção Civil.

Com aulas presenciais expositivas e apresentações de cases, o conteúdo foi estruturado em 20 aulas de 4 horas cada.

As aulas ocorrerão às segundas-feiras das 17h30 às 21h30, no período de 04/04/2016 à 15/08/2016 na Sede do SindusCon-SP.

Estão previstas duas visitas técnicas de 4 horas cada, que ocorrerão aos sábados.

 Novidade:

Quer fazer o curso online? clique aqui

Conteúdo Programático:

conteudo - GESTÃO DE SUSTENTABILIDADE 2016

 

 

 

Público Alvo:

Profissionais que atuam na concepção, planejamento e execução de empreendimentos – engenheiros e arquitetos de empresas incorporadoras, construtoras, de projetos, gestores em meio ambiente, técnicos e tecnólogos de edificações; estudantes em engenharia, arquitetura e gestão ambiental.



Corpo Docente:

 

Foto Lilian Sarrouf    Coordenadora Técnica do curso: Lilian Sarrouf

Engenheira Civil pela Escola de Engenharia Mauá, Administradora de Empresas pelo Instituto Mackenzie, Mestre em gestão integrada de meio ambiente e segurança e saúde pelo SENAC – SP. Atua como consultora nas áreas de Sistemas de Gestão Empresarial, Qualidade e Meio Ambiente. Consultora Técnica do SindusCon-SP coordenando o COMASP – Comitê do Meio Ambiente, Segurança e Produtividade do SindusConSP, o GT PÓS OBRA – Comitê Tecnologia e Qualidade do SindusConSP e o GT SUSTENTABILIDADE da Câmara Ambiental da Indústria da construção – CETESB.
Consultora Técnica do Programa Construção Sustentável CBIC – Câmara Brasileira da Indústria da Construção e da CMA CBIC Comissão de Meio Ambiente.
Instrutora na Universidade Secovi e SindusConSP, docente no MBA da Construção da Fundação Getúlio Vargas, docente no curso de pós graduação em Construção Sustentável no SENAC SP. Diretora do CBCS – Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (2007/2008).
Proprietária da L. Sarrouf Consultoria, empresa de consultoria em gestão de processos e sistemas.

 

Foto Vanessa Gomes   Construção Sustentável – Panorama Nacional Mundial e Tendências – Vanessa Gomes

Arquiteta e Urbanista graduada pela Universidade Federal do Espírito Santo – UFES. Mestre e Doutora em Engenharia Civil pela Escola Politécnica da USP. Bolsista de produtividade do CNPq (2008-11). Fulbright fellow 2009-2010 (University of Pittsburgh) e 2014 (Harvard University).
Professora Associada Livre-Docente da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, onde coordena o Centro de Pesquisa em Construção Civil e Meio Ambiente e lidera o Grupo de Pesquisa “Qualidade e Sustentabilidade do Ambiente Construído”.
Past Vice-president da International initiative for Sustainable Building Environment (iiSBE). Líder da equipe brasileira participante do Green Building Challenge (GBC). Membro fundador e coordenadora nas Américas da comissão de trabalho WC116 (Smart and Sustainable Built Environments), do International Council for Research and Innovation in Building and Construction (CIB).
Assessora do Programa Ambiental das Nações Unidas (UNEP), nos temas análise do ciclo de vida e políticas públicas para eficiência energética de edificações, e do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, em avaliação ambiental estratégica.

 

Foto Hamilton Leite (3) Custos Adicionais e Benefícios Econômicos da Construção Sustentável – Hamilton de França Leite 

Brasileiro, casado, duas filhas, nascido em 01 de Outubro de 1968 em Guaratinguetá/SP. Graduado em Administração de Empresas – FAAP (1991); Pós Graduado em Gerenciamento de Empresas de Construção Civil – Poli/USP; Pós Graduado em Negócios Imobiliários – FAAP/SECOVI; Mestre em Engenharia Civil e Urbana – Núcleo de Real Estate (www.realestate.br) da Poli/USP (Dissertação: “Sustentabilidade em empreendimentos imobiliários residenciais: avaliação dos custos adicionais para o atendimento dos requisitos de certificação ambiental. 2013”); Diretor da Casoi Desenvolvimento Imobiliário desde 1991 (www.casoi.com.br); Vice Presidente de Sustentabilidade (gestão 2016-2018) do Secovi-SP (www.secovi.com.br); Diretor do Capítulo Brasileiro da FIABCI desde 2011 (www.fiabci.com.br); FIABCI International (www.fiabci.org) Conference Committee Vice-President (2012-2014); Membro do Conselho Gestor do Fundo Paulista de Habitação de Interesse Social do Estado de São Paulo (2010-2013); Membro do Conselho Municipal de Habitação da Prefeitura de São Paulo (2009-2012; 2014-2016); Membro do Comitê de Mudança do Clima da Prefeitura Municipal de São Paulo (2009-2012; 2014-2016); Fundador e membro do conselho deliberativo da ONG Vila Criar de assistência integral à criança e ao adolescente carente (2003-2015); Docente no MBA em Negócios Imobiliários da ESPM (www.espm.br), na disciplina “Sustentabilidade no Setor Imobiliário”; Membro do Comitê Diretor (Steering Committee) para a criação de diretrizes mundiais de sustentabilidade para o setor imobiliário, construção civil e desenvolvimento urbano do Global Compact/ONU (2014-2015); Membro do Comitê Diretor de uma coalizão de mais de 60 entidades sediadas em diversos países, formada para a criação e implantação de um Código de Ética Internacional para o setor imobiliário e propriedades (www.ies-coalition.org); Membro do Conselho Deliberativo do CBCS – Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (www.cbcs.org.br) Membro do Conselho Diretor do ITDP Brasil (www.itdpbrasil.org.br).

 

Foto Roberto Strumpf  Inventários de Emissões – Roberto Strumpf

Biólogo, Bacharel em Biologia pela Universidade de São Paulo (2004) com foco em Ecologia Humana, pesquisou o uso de recursos florestais por comunidades ribeirinhas no Amazonas como parte de sua iniciação científica. Especialista em Ciências Ambientais pela University of Sydney (2008), com foco em energia e mudanças climáticas, modelagem ambiental e sistemas de informação geográfica (SIG). Trabalhou como técnico em projetos de MDL para a geração de créditos de carbono em 2005. Sócio fundador e Diretor de Meio Ambiente da OSCIP Iniciativa Verde por 2 anos (2006 e 2007), onde coordenou projetos de mensuração de emissões corporativas de GEE e compensação de emissões através de restauros florestais. Foi Coordenador de Projetos no Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas – GVces de 2009 a 2011, onde esteve a frente de projetos relacionados à mudanças climáticas (Programa Brasileiro GHG Protocol e Plataforma Empresas Pelo Clima) e serviços ecossistêmicos (Natural Value Initiative). Treinador na metodologia GHG Protocol certificado pelo World Resources Institute – WRI em 2011. Consultor do WRI para o desenvolvimento do GHG Protocol para a agropecuária entre 2012 e 2014. Atualmente é Sócio Diretor da Pangea Capital, consultoria focada em auxiliar gestores a internalizar uma visão sistêmica e de longo prazo relacionada às mudanças climáticas e serviços ecossistêmicos.

 

 Foto JoanaCS_Goncalves Conforto Ambiental – qualidade do ar interno, conforto luminoso, acústico e térmico – Joana CarlaSoares Gonçalves
Professora Associada da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, onde é atualmente Chefe do Departamento de Tecnologia. Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1993), mestrado em Environment and Energy (London) – Architectural Association Graduate School (1997) e doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (2003). Entre 2009 e 2013 foi professora orientadora do programa de pos-graduação Sustainable Environmental Design, da Architectural Association School of Architecture, Graduate School, em Londres. Em 2011 foi professora visitante no programa de pos-graduacao Graduate School of Design (GSD) da Universidade de Harvard, em Cambrigde, nos Estados Unidos. Desde 2015 tem o título de Professor Visitante da Faculty of Architecture and the Built Environment da University of Westminster, em Londres. Tem experiência na área de Conforto Ambiental em Edificacoes. Autora de uma série de publicacoes, das quais destacam-se os livros The Environmental Performance of Tall Buildings (2010), publicado pela Earthscan, Londres,   e o Edificio Ambiental (2015) da Oficina de Textos, São Paulo, do qual é organizadora e co-autora.

 

Foto Clarice Degani  Certificação Ambiental de Edifícios – Clarice Menezes Degani

Engenheira Civil, Mestre e Doutora em Tecnologia e Gestão da Produção pela Escola Politécnica da USP, Especialista em Gestão de empreendimentos de construção civil pelo PECE/USP, participou da equipe técnica para experimentação da certificação ambiental francesa NF Bâtiments Tertiaires Démarche HQE pelo CSTB na França, sócia curadora do CBCS – Conselho Brasileiro de Construção Sustentável.
Atualmente é assessora técnica da vice-presidência de sustentabilidade do SECOVI-SP, é pesquisadora do projeto FINEP na temática de minimização de impactos ambientais de canteiros de obra em desenvolvimento pela POLI/USP, é docente em disciplinas dos cursos de MBA Gerenciamento de Facilidades e MBA Tecnologia da Gestão da Produção, ambos na FDTE POLI/USP, participa dos comitês Avaliação da Sustentabilidade, Água e Urbano no CBCS e é consultora para projetos e construções sustentáveis, especialmente para o processo AQUA de certificação, e também para o gerenciamento da sustentabilidade de edifícios em operação.

 

 

Foto Virgínia Sodré  Uso Racional da água – Pegada Hídrica – Virgínia Dias de Azevedo Sodré

Responsável pela coordenação técnica da Infinitytech Engenharia e Meio Ambiente, empresa especializada em programas e projetos que visam a gestão integrada das águas. A Infinitytech trabalha com projetos integrados que visam a eficiência do uso da água, e a consequente redução dos impactos relacionados a esse recurso e da pegada hídrica. Desenvolvemos planos estratégicos de gestão da água para empresas que buscam uma visão abrangente da relação entre a água e o desenvolvimento dos seus negócios, avaliamos não só ações para redução da dependência do recurso água como trazemos uma visão ampla dos riscos e oportunidades relacionados a essa gestão.
Virgínia Sodré é diretora técnica da Infinitytech Engenharia e Meio Ambiente, é engenheira Civil, mestre em Hidráulica e Saneamento pela USP – EESC, acumula há mais de 16 anos experiência na área de Engenharia e Consultoria Ambiental, sempre desenvolvendo trabalhos relacionados a temática da água. Trabalhou na SEREC Engenharia Consultiva, Degremont Tratamento de Águas, na empresa CAVO Serviços e Meio Ambiente S.A. e na Construtora Camargo Corrêa, onde atuou no desenvolvimento da área de saneamento ambiental e participou do desenvolvimento do plano de gestão de água da companhia. Na empresa Infinitytech vem desenvolvendo um trabalho pioneiro no mercado de desenvolvimento urbano, trabalhando com soluções inovadoras para diversos segmentos de negócios, desenvolvendo inclusive o primeiro plano de gestão estratégico de água para uma incorporadora no Brasil. Participa ativamente, como palestrante em eventos nacionais e internacionais, sempre com a temática da água, desde 2008 atua nos comitês técnicos de água do GBC Brasil e do CBCS (Conselho Brasileiro da Construção Sustentável) e há mais de 12 anos leciona em cursos de graduação (Engenharia Ambiental), cursos in company e pós-graduação (cursos de MBAs com ênfase no uso eficiente da água).

 

Foto Marcelo Vassalo  Infra Estruturas Verdes (Paisagismo Verde) – Marcelo Vassalo

Arquiteto Urbanista graduado em 1995 pela FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado), coordenador do Núcleo São Paulo da ABAP ( Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas e coordenador do Núcleo de Boas Práticas da LALI ( Iniciativa Latino Americana da Paisagem); Especialização em Arquitetura Paisagística pela FUPAM ( Fundação para a Pesquisa em Arquitetura e Ambiente) em 2008 e 2009; Curso de Difusão de Planejamento e Gestão de Megacidades : uma síntese em 2014 pelo PECE – Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica USP; e Curso Referencial Casa do GBC Brasil ( Green Building Council) em 2015.
Com participação nos Congressos Internacionais da IFLA (International Federation of Landscape Architects) nos anos de 2009 – Rio de Janeiro , 2011 – Zurique, 2012 – Cape Town e 2013 – Auckland e 2016 – Turin.
Proprietário da Marcelo Vassalo Arquitetura da Paisagem, membro do GBC, a vinte anos atuando na concepção e gestão de projetos paisagísticos, abrangendo diversas escalas de trabalho e categorias de uso, por todo o Brasil.

 

Edwrad_Bogstein Avaliação Global de Desempenho Ambiental de Edifícios (este tema engloba o de Gestão de operações e avaliaçaõ pós ocupação previstos incialmente) – Edward Bogstein 
Mestre em engenharia de energia e meio-ambiente pela University of Cambridge, Edward é e sócio-fundador da Mitsidi Projetos e especialista em otimização de sistemas energéticos. Consultor do Programa Green Building no Brasil pela  International Finance Corporation (Banco Mundial) de 2012 a 2014. Premiado com o CIBSE Building Performance Award (entre outros) para projetos de eficiência energética, Edward atua nas áreas de energia em edificações, indústria, geração de conhecimento e políticas públicas. É autor de diversas publicações e líder do projeto de Desempenho Energético Operacional no Conselho Brasileiro de Construção Sustentável.

 

Foto Maria Heloisa  Legislação Ambiental – Maria Heloisa Pádua Lima de Assumpção

Engenheira Civil, pela Escola de Engenharia da Universidade Mackenzie.
Especialização em Administração Mercadológica, pela Fundação Getúlio Vargas- FGV.
Trabalha na Divisão de Apoio ao Controle de Fontes de Poluição, da Diretoria de Controle e Licenciamento Ambiental da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo-CETESB.
Atua há 31 anos na área ambiental.
Participa de diversos Grupos de Trabalho relativos aos temas: resíduos sólidos, mudanças climáticas, proteção aos mananciais, sustentabilidade e segurança de barragens.
Coordena a elaboração do Inventário Estadual de Resíduos Sólidos Urbanos.
Secretária Executiva da Câmara Ambiental da Indústria Têxtil.
Foi Secretária Executiva da Câmara Ambiental da Indústria da Construção por 12 anos.
Docente em curso relativo ao Licenciamento Ambiental.
Ministra palestras relativas ao tema resíduos sólidos.

 

Antonio Queiroz  Áreas verdes – projeto – supressão e compensação ambiental – Antonio Luiz Lima de Queiroz 

Engenheiro Agrônomo formado em 1984 pela Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” da Universidade de São Paulo, formado em Direito em 2009 pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco da Universidade de São Paulo
Atuando no licenciamento ambiental, na Secretaria Estadual de Meio Ambiente desde 1997, e na CETESB desde 2007.
Assessor na Diretoria de Controle e Licenciamento e Ambiental desde 2009, responsável pela orientação técnica e análise de processos, análise técnica de propostas de orientações, resoluções e decretos estaduais relacionados com a área de meio ambiente, e docente em cursos promovidos pela CETESB,
Diretor do Departamento de Fiscalização e Monitoramento – DFM – da Secretaria Estadual do Meio Ambiente- 2008-2009
Diretor do Departamento Estadual de Recursos Naturais da Secretaria Estadual do Meio Ambiente – DEPRN – 2008
Assessor Técnico da Diretoria Geral do Departamento Estadual de Proteção de Recursos Ambientais – DEPRN de 2001 a 2008

Elton Gloeden  Áreas contaminadas, conceitos – aspectos legais e normativos – remediação – processo de aprovação (inicial, final de obra, monitoramento) – Elton Gloeden

 

 

 

Roberto Lamberts Eficiência Energética em Edificações, conceitos – aspectos legais e normativos – soluções para eficiência – Simulação Energética – Roberto Lamberts

Eng. Civil, PhD pela University of Leeds, Professor do Departamento de Engenharia Civil e do LabEEE – Laboratório de Eficiência Energética das Edificações da Universidade Federal de Santa Catarina.
Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1980), mestrado em Engenharia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1983) e doutorado em Civil Enginering – University of Leeds (1988). Atualmente é professor titular da Universidade Federal de Santa Catarina. Atua na área de Engenharia Civil, com ênfase em Eficiência Energética, desempenho térmico de edificações, bioclimatologia e conforto térmico. É supervisor do Laboratório de Eficiência Energética em Edificações na UFSC, co-editor do periódico Ambiente Construído, membro do comitê editorial do periódico Journal of Building Performance Simulation, membros das associações científicas ANTAC, Associação de Tecnologia do Ambiente Construído (onde foi da diretoria por vários mandatos), membro do Conselho Brasileiro para a Construção Sustentável (CBCS) e IBPSA, associação internacional para a simulação do desempenho de edificações. É ainda membro do GT e ST de edificações do MME apoiando o desenvolvimento da etiquetagem de eficiência energética em edificações

 

Foto Maristela Gomes  Materiais e Sistemas Construtivos Sustentáveis – Maristela Gomes da Silva

Graduada em Engenharia Civil pela UFES, com mestrado e doutorado em Engenharia Civil pela EPUSP, com estágio pós-doutoral em Engenharia Civil e Ambiental pela University of Pittsburgh e em Arquitetura e Construção pela Unicamp. Foi Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Diretora do Centro Tecnológico da UFES, professora visitante no Departament of Civil and Environmental Engineering da University of Pittsburgh,  pesquisadora associada do Mascaro Center for Sustainable Innovation da mesma Universidade, professora convidada da Carnegie Mellon University e coordenadora do curso de Graduação em Engenharia Civil da UFES. É Professora Titular do Departamento de Engenharia Civil da UFES,  membro especialista do Comitê Consultivo do Fundo de Tecnologia do BNDES, membro do corpo de revisores da  Revista do Ambiente Construído, do the Smart and Sustainable Built Environment Journal e da Revista IBRACON de Materiais. Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Materiais e Componentes de Construção Civil, atuando, principalmente, nos temas reciclagem de resíduos industriais, escórias siderúrgicas, cimentos, concreto, durabilidade, indicadores de sustentabilidade, avaliação do ciclo de vida, emissões de GHG, redução de impactos ambientais de materiais de construção e construção sustentável. Coordena o Núcleo de Estudos em Sustentabilidade e o Núcleo de Excelência em Escórias Siderúrgicas da Universidade Federal do Espírito Santo. É lider do grupo de pesquisa do CNPq com o mesmo nome, que recebeu o Prêmio Ecologia 2005 pelo desenvolvimento de produtos de construção de baixo impacto ambiental. Participou e coordenou várias Cooperações Internacionais, além de já ter participado da organização de vários eventos nacionais e internacionais e de ter sido membro do International Council for Research and Innovationin Building and Construction (CIB). É membro de comitês científicos e parecerista de conferências e periódicos nacionais e internacionais, membro fundador do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCS); membro da iiSBE International Iniciative for a Sustainable Built Environment e membro do Green Building Challenge (GBC). É assessora e consultora ad hoc da FAPES, FAPESP, CAPES, CNPq, FINEP e do Programa Iberoamericano de Ciência y Tecnologia para el Desarrollo (CYTED), além de ser consultora técnica de várias empresas e instituições, tais como Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP), Sindicato Nacional da Indústria de Cimento (SNIC), Centro Brasileiro de Construção em Aço (CBCA), Instituto Aço Brasil (IABr), Sindicato da Indústria de Construção Civil (SINDUSCON/ES), ArcelorMittal Tubarão, Kaeme Consultoria, Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (FINDES), CPFL Energia, CENPES/Petrobras, Camargo Correa Cimentos, Facility Consulting Projetos e Gerenciamento SS Ltda, Natura, SENAC e Método Engenharia.

Foto Elcio Gestão de Resíduos  da Construção Civil – Elcio Duduchi Careli

Formação acadêmica – Graduação em Economia pela FEA/USP em 1990 e Mestrado em Tecnologia Ambiental pelo Centro Paula Souza / SP em 2008.
Atuação profissional – Direção da empresa Obra Limpa Consultoria, especializada no desenvolvimento e aplicação de metodologia para a gestão dos resíduos da construção civil, desde 2001 dedicada a busca de soluções e a adoção de práticas ambientalmente sustentáveis para a gestão dos resíduos gerados pelas atividades de construção e demolição. Responsável pela elaboração de planos de gerenciamento de resíduos para contratantes e executores de obras em mais de 50 municípios brasileiros, com aplicação de atividades de treinamento e capacitação das equipes e monitoramento durante a implantação.
Co-autor do Manual de Gestão Ambiental dos Resíduos da Construção Civil (2005) e do livro Gestão Ambiental dos Resíduos da Construção Civil – Avanços Institucionais e Melhorias Técnicas.
Instrutor dos cursos de gestão de resíduos promovidos pelo Sinduscon-SP (26 turmas) de 2005 a 2013.
Professor dos cursos MBA em Construções Sustentáveis – Certificação Ambiental de Edificações na disciplina Gestão de Resíduos e Reciclagem em Edificações Sustentáveis e Materiais Utilizados desde 2010 (turmas de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Florianópolis, Salvador, Aracaju, Fortaleza, Campo Grande, Belém e Recife) e do curso Master em Arquitetura Sustentável e Bioecológica (disciplina de Gestão de Resíduos da Construção Civil) organizado e promovido pela ANAB Brasil (Associação Brasileira de Arquitetura Bioecológica).
Professor convidado para aulas em disciplina de Saúde Ambiental – Resíduos Sólidos e Emissões Atmosféricas dos Cursos de Especialização em Medicina do Trabalho da Faculdade de Medicina da USP de 2013 a 2015.
Professor convidado para aulas em disciplina de Proteção Ambiental do Curso de Pós-Graduação em Segurança do Trabalho da FMU em 2014.

 

Foto Francisco Gitahy  Avaliação Global de Desempenho Ambiental de Edifícios – Francisco Gitahy de Figueiredo

Arquiteto e Urbanista graduado pela Universidade de São Paulo – USP. Mestre em Engenharia Civil pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP. Recebeu menção honrosa no Prêmio Excelência em Construção Sustentável Holcim-Antac 2010, na categoria Mestrado, com pesquisa no tema de gestão de projetos para melhoria do desempenho ambiental de edificações. Filiado ao Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCS). Atualmente é sócio diretor da empresa Spinazzola e Gitahy Arquitetura. Colaborou em importantes projetos de museus contemporâneos, sendo alguns deles implantados em edifícios de interesse histórico. Em São Paulo, podemos destacar o Museu da Língua Portuguesa, na Estação da Luz e o Museu da História de São Paulo, no Conjunto Arquitetônico do Gasômetro. No Rio de Janeiro, a Casa Daros, no antigo Educandário Santa Teresa. Em Brasília, o Museu de Valores, na Sede do Banco Central do Brasil. Foi professor do curso de pós-graduação lato sensu Projetos Sustentáveis em Arquitetura e Design do Centro Universitário SENAC e do curso Projeto Integrado: LEED V4 e Referencial GBC Brasil Casa® do GBC Brasil.


Outro:

Logo SindusCon-SP DESDE 1934 - APROVADO_POSITIVO COR (2)logo_COMASPlogo_CTQ

 

 

Apoio:

  logo abap    lg_abece_horiz_azul   logo_ABESC   ABESCO_logo_curva   Abrainc-Logotipo-RGB  AbreconSign  logoADIT Logo Aelo pequeno Logo_AsBEA_apoio completo preto  logo_CB-02 lg_cbcs500px_03CBIC-06

Logo-Madeiralogo_ISITEC_horizontal image descriptionSINAPROCIM-SINPROCIM  sindimasp_logo  sinduscon-pr sinduscon_rio











Rua Dona Veridiana, 55

Santa Cecília,

São Paulo,

01238-010

(11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br



Rua Dona Veridiana, 55

Santa Cecília,

São Paulo,

01238-010

(11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br