' SindusCon-SP defende determinação e serenidade para a política econômica não retroceder - Sinduscon-SP



Institucional

SindusCon-SP defende determinação e serenidade para a política econômica não retroceder

Crise política não pode emperrar o andamento das reformas e de outras medidas, afirma José Romeu Ferraz Neto, presidente da entidade

Por Rafael Marko 18/05/2017 18:14:21

O Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) manifesta profunda preocupação em que a crise política aberta com a delação do empresário Joesley Batista volte a agravar a situação econômica do país. No momento em que a economia sinalizava o início de uma recuperação e o nível de desemprego parecia haver estancado, a crise política recrudesceu, atingindo o mais alto escalão da República.

É dever das instituições e das lideranças políticas responsáveis não permitir que o país retroceda no acertado rumo tomado pela política econômica. Conquistas como a redução da inflação, a legislação que limita os gastos públicos e o equacionamento das dívidas dos Estados premiam o correto esforço feito até o momento pelo reequilíbrio das contas públicas, fundamental para a recuperação da confiança dos investidores e do emprego.

Será necessário perseverar com determinação e serenidade nesta trajetória, com a aprovação das reformas previdenciária e trabalhista, em mais uma etapa essencial à saída da recessão econômica.

Sabemos que esta tarefa enfrentará enorme dificuldade diante da crise política, mas temos confiança em que as instituições e as lideranças políticas responsáveis saberão encontrar o caminho para lidar institucionalmente com a situação sem prejuízo das reformas essenciais para a retomada do desenvolvimento econômico.

A indústria da construção civil já foi forçada a demitir mais de 1 milhão de trabalhadores e em abril viu seu nível de emprego cair pelo 31º mês consecutivo. Foi o único setor econômico que continuou registrando mais demissões do que contratações no mês passado. Será injusto e revoltante que a crise política retraia ainda mais a volta dos investimentos necessários à geração massiva de empregos proporcionada por este e outros segmentos da atividade econômica.

Confiamos em que as instituições e as lideranças políticas se unam e encontrem uma solução constitucional e rápida para a crise, mantendo o calendário das reformas previdenciária e trabalhista. Confiamos em que a equipe econômica manterá as ações necessárias à manutenção da estabilidade e à recuperação da economia.

A nação já enfrentou dificuldades desta envergadura, e saberá superar a nova crise sem perder o foco da recuperação da economia e do emprego.

José Romeu Ferraz Neto
Presidente do SindusCon-SP









Rua Dona Veridiana, 55

Santa Cecília,

São Paulo,

01238-010

(11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br



Rua Dona Veridiana, 55

Santa Cecília,

São Paulo,

01238-010

(11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br