Comitê de Habitação Popular

Feirão Morar Bem poderá se concretizar

Tema foi tratado na reunião do Comitê de Habitação Popular do SindusCon-SP

Por Rafael Marko 12/09/2018 11:46:54

Voltado a servidores públicos do Estado de São Paulo que receberão um subsídio entre R$ 5 mil e R$ 40 mil, e aberto a toda a população, o 3º Feirão Morar Bem, Viver Melhor poderá acontecer nos dias 30 de novembro, 1 e 2 de dezembro, no Ginásio do Ibirapuera. Se o evento organizado pelo governo do Estado e apoiado por Abrainc, Secovi-SP e SindusCon-SP se concretizar, serão comercializados imóveis de até R$ 220 mil, situados na capital e Região Metropolitana de São Paulo.

IMG_3196A intenção de realizar o Feirão foi anunciada por Andra Robert de Carvalho, secretária Executiva do Grupo de PPP da Casa Paulista, na reunião do Comitê de Habitação Popular do SindusCon-SP, em 11 de setembro. O encontro foi coordenado pelo vice-presidente de Habitação do sindicato, Ronaldo Cury, acompanhado do gerente de Produção e Mercado, Elcio Sigolo.

Andra informou estar em estudo um subsídio semelhante para alavancar a faixa 1,5 do Programa Minha Casa, Minha Vida, destinado a servidores públicos, integrantes de entidades de moradia, população residente em área de risco e casos excepcionais. Para viabilizá-lo, seria redirecionado o recurso reservado ao subsídio para a faixa 1 do programa, que não está sendo utilizado devido à redução das contratações. Num segundo momento, o governo poderá estudar a destinação de parte desses recursos para a produção habitacional, disse.

A secretária executiva também relatou que em breve o governo estadual deverá lançar o edital da segunda PPP habitacional estadual, a chamada “PPP dos Trilhos”. O objeto será a edificação de conjuntos habitacionais no bairro do Belém, ocupando o espaço aéreo sobre os trilhos, em áreas remanescentes da CPTM e do Metrô.

Segundo ela, a Secretaria deverá estruturar novos projetos habitacionais com elevadores, voltados às entidades de moradia. E, até o final do ano, realizar 11 mil regularizações fundiárias.

Banco do Brasil
IMG_3215Na sequência, o gerente geral de Crédito Imobiliário do Banco do Brasil, Guilherme Mendes Patricio, fez uma apresentação sobre a situação desses financiamentos. Ele veio acompanhado do gerente de Crédito Imobiliário – Repasse SBPE, André Loviat Davi, e do gerente de Crédito Imobiliário – PJ, Edison Antunes Sambati.

Patricio informou que o banco ainda dispõe, até o final de 2018, de mais R$ 700 milhões para financiamentos no SBPE e de recursos para financiar 4 mil unidades habitacionais no Minha Casa, Minha Vida.

Segundo ele, nos primeiros oito meses do ano, o Banco do Brasil concedeu créditos no valor de R$ 535 milhões (R$ 283,9 milhões no SFH e R$ 251,2 milhões no FGTS), financiando 3 mil unidades habitacionais no MCMV.

O gerente destacou que o banco está buscando elevar o índice de aprovação de pedidos de créditos no Minha Casa, atualmente em 50% (já chegou a apenas 27%). Apresentou as características e exigências do Plano Empresário, que concede financiamentos de R$ 5 milhões a R$ 200 milhões. E frisou não ser intenção do Banco do Brasil diminuir as prioridades dadas ao crédito imobiliário e ao MCMV.

Ele ainda alertou que, dos R$ 59 bilhões do FGTS destinados ao crédito imobiliário, R$ 45 bilhões já foram utilizados. A expectativa do banco é de utilizar a totalidade dos recursos reservados neste ano em seu orçamento para as linhas Pró-Cotista e as faixas 2 e 3 do Minha Casa.

Mediação
IMG_3255A seguir, a engenheira Beatriz Rosa, do Centro de Mediação do SindusCon-SP, fez uma apresentação sobre o tema, acompanhada da gerente do Jurídico, Rosilene Carvalho.

Beatriz enfatizou as vantagens da mediação para as empresas, em comparação com as custas elevadas e os prazos longos dos processos  judiciais. E informou que o Centro está à disposição das empresas associadas ao sindicato, tanto para a inclusão de uma cláusula dispondo sobre mediação nos contratos, como para a realização de mediações com clientes, fornecedores e empresas parceiras.

Fotos: Enzo Bertolini









Rua Dona Veridiana, 55

Santa Cecília,

São Paulo,

01238-010

(11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br



Rua Dona Veridiana, 55

Santa Cecília,

São Paulo,

01238-010

(11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br