Habitação

Comitê de Habitação do SindusCon-SP inicia atividades

Primeira ação foi uma proposta ao ministro das Cidades para flexibilizar a aplicação dos recursos do FGTS

Por Rafael Marko 11/01/2018 12:16:29

O Comitê de Habitação Popular (CHP) do SindusCon-SP, coordenado pelo vice-presidente de Habitação, Ronaldo Cury, já definiu o cronograma de ações e reuniões neste ano, que se iniciarão em 1º de fevereiro. O principal eixo de atuação continuará sendo o fomento aos programas habitacionais, especialmente o Minha Casa, Minha Vida.

Nesta semana, Cury e o presidente do SindusCon-SP, José Romeu Ferraz Neto, enviaram carta ao ministro das Cidades, Alexandre Baldy, propondo que a Caixa possa ter um certo grau de autonomia na aplicação dos recursos do FGTS destinados ao financiamento das contratações do Programa Minha Casa, Minha Vida, faixas 1,5, 2 e 3. Assim, quando para um Estado sobrassem recursos, a instituição financeira poderia remanejá-los para outro. Mais projetos seriam viabilizados, agilizando os investimentos em habitação e contribuindo para a melhoria do ambiente de negócios.

“Naturalmente, por uma questão de isonomia, isto deverá continuar sendo feito dentro do acertado critério de distribuir as contratações na proporção do déficit habitacional de cada Estado”, escreveram Romeu Ferraz e Cury ao ministro.

O cronograma de reuniões ainda prevê encontros com as novas autoridades do Ministério das Cidades, bem como com representantes das instituições financeiras e outras autoridades envolvidas com habitação popular, nas esferas da União, do Estado de São Paulo e de seus Municípios.

Também terão prosseguimento as rodadas com a participação de representantes da Caixa nas Regionais do SindusCon-SP no interior.









Rua Dona Veridiana, 55

Santa Cecília,

São Paulo,

01238-010

(11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br



Rua Dona Veridiana, 55

Santa Cecília,

São Paulo,

01238-010

(11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br